GOVERNO BONIFÁCIO: Dentre erros e acertos, a expectativa de que ainda é possível virar o jogo

Leia, a seguir, a nossa análise do primeiro mês do Governo José Bonifácio (PDT), em Cabo Frio.

0

A esmagadora maioria dos mais de 44 mil eleitores que foram às urnas para eleger o atual prefeito de Cabo Frio hoje sofre com o pesado fardo do arrependimento. Pelas ruas da cidade o que ouvimos são lamúrias, descontentamentos e uma voz quase unânime de revolta. Quem esperava de José Bonifácio (PDT) austeridade, lisura, transparência e enxugamento da máquina pública, viu nesse primeiro mês da nova gestão acontecer exatamente o contrário.

Para se consagrar vencedor nas Eleições Municipais de novembro passado, o impetuoso ‘Zezinho’ precisou fazer acordos, no mínimo, duvidosos. Uniu forças de outros grupos políticos e formou uma ampla frente de oposição ao então favorito para vencer o pleito.

No entanto, a chamada ‘Aliança do Bem’ de Bonifácio e sua trupe se revelou um plano maquiavélico para chegar ao poder, e o personagem do “bom moço” logo foi desmascarado – e nem precisou tomar posse para que isso acontecesse, vide a forma grosseira com que tratou os servidores da Guarda Civil Municipal, quando os mesmos solicitaram a abertura de uma mesa de negociação para tratar da mudança na escala anunciada durante a transição. Além de não dialogar, impôs sanções àqueles que se manifestaram contra o seu governo.

Agiu assim com a Guarda, com a Educação e age da mesma forma diariamente com todas as vozes que se levantam contra o seu governo.

Os defensores do prefeito usam como subterfúgio para as críticas o pouco tempo de gestão, e verdadeiramente ainda é prematuro fazer uma análise ampla da mesma. No entanto, nunca será cedo demais para alertar o perigo de determinadas decisões, que caminham na contramão do anseio popular e das boas práticas na Administração Pública.

O nosso maior desejo é que o governo acerte, pois quando o governo acerta todos ganham de alguma forma, a cidade cresce e o povo se alegra. E felizmente ainda está em tempo do prefeito e seu secretariado acertarem os ponteiros e darem um novo norte à sua administração.

O que fazemos hoje, guardadas as devidas interpretações individuais, é tentar mostrar uma visão o mais fidedigna possível da forma como a maioria dos cabo-frienses tem enxergado as ações iniciais do Governo Bonifácio.

Não levantamos a bandeira do “quanto pior, melhor” e/ou fazemos a crítica pela crítica. O nosso desejo é, tão somente, lutar pela garantia dos direitos da população e pela eficiência do serviço público.

Do mais, pedimos ao Pai sabedoria para os nossos governantes, e paz e prosperidade para nossa terra. Que Deus abençoe Cabo Frio! 🙌🙏

 

 

Leave A Reply

Your email address will not be published.