Entenda quais são as reivindicações da Guarda Municipal ao novo governo de Cabo Frio

Paralisada desde o último dia de 2020, a categoria busca um entendimento com o Prefeito José Bonifácio (PDT) acerca de uma nova escala de trabalho anunciada pela atual gestão.

0

A primeira grande crise da administração do Prefeito José Bonifácio (PDT) está sendo protagonizada pela Guarda Civil Municipal. A categoria, que está paralisada desde o dia 31 de dezembro de 2020, pede ao novo governo que não faça a alteração na escala de trabalho dos servidores, anunciada ainda no período de transição.

O chefe do Poder Executivo quer substituir a atual escala plantonista por expediente diário, que seria de 9h às 18h. A intenção de Bonifácio é aumentar o efetivo de guardas nas ruas durante o dia, mas alguns pontos deveriam ser revistos pelo novo governo:

1° – Se os guardas vão trabalhar durante o horário comercial, a cargo de quem ficará a responsabilidade da guarda patrimonial no período noturno? Isso facilitaria a ação de meliantes e a depredação do patrimônio público.

2° – Trabalhando durante o dia, os guardas perderiam muitos benefícios, como o adicional noturno, por exemplo, fato que acarretará na diminuição dos salários. Muitos deles passariam a ganhar metade do que ganham hoje. Além disso, trabalho diário é geralmente utilizado para o setor administrativo, e não operacional. Por ser um trabalho extremamente cansativo e estressante, grande maioria dos Guardas Civis Municipais atuam em regime de escala em diversos lugares do país, e em Cabo Frio também sempre foi assim.

3° – Muitos servidores da Guarda não residem em Cabo Frio, e a mudança dificultaria e muito a vinda desses servidores para o trabalho, pois muitos deles teriam que passar a semana inteira longe da família, o que acarretaria muitos transtornos, inclusive financeiros, pois teriam que gastar com passagem, combustível e hospedagem. Sem falar que pela jornada quase escravista de trabalho, muitos desses profissionais poderão sofrer com problemas familiares e até conjuguais, pois passarão a maior parte do tempo longe de casa.

Infelizmente, ao que parece, o embate entre a categoria e o Governo Municipal parece não ter data para acabar. O Prefeito promete punição aos guardas manifestantes, e a categoria, por sua vez, afirma que não irá recuar em suas reivindicações. A semana promete novos rumos no movimento grevista da Guarda Municipal. Aguardemos…

Leave A Reply

Your email address will not be published.