1 ano de uma tragédia anunciada: Análise dos 365 dias de Dr. Adriano no poder

Dr. Adriano Moreno completa o seu primeiro ano à frente da chefia do Poder Executivo de Cabo Frio. E você, como avalia a administração do médico ortopedista?

O médico ortopedista Adriano Guilherme de Teves Moreno, ou simplesmente Dr. Adriano, está completando nesta quarta-feira (17), 1 ano à frente da Prefeitura de Cabo Frio. Sua administração, marcada por enganos e promessas não cumpridas, já pode ser considerada UMA DAS MAIS IMPOPULARES DA HISTÓRIA DA CIDADE. Basta andar pelas ruas para testificar a veracidade dessas palavras.

Desde o início desse nefasto governo temos visto o sucateamento da máquina pública e dos serviços prestados pela Prefeitura. Na Saúde os escândalos são frequentes, do Hospital da Mulher à UPA de Tamoios faltam insumos básicos, medicamentos, e profissionais suficientes para cobrir a grande demanda. Por falar no Hospital da Mulher, quem não se lembra da interdição da unidade pelo CREMERJ? Por falta de recursos, FORAM CONSTATADOS 16 ÓBITOS SOMENTE DE JANEIRO A MAIO DESTE ANO. O caso gerou repercussão nacional e manchou, mais uma vez, o nome da cidade na grande mídia.

E o Hospital do Jardim Esperança, cujos profissionais cruzaram os braços e se negam a atender a população por conta dos atrasos nos salários? A unidade ainda encontra-se fechada e, para ter atendimento médico, pacientes devem recorrer à Búzios ou à UPA do Parque Burle, que devido a esses problemas está sucateada e sobrecarregada. Para ser atendido na Unidade de Pronto Atendimento, a estimativa é de no mínimo 3 horas.

Enfim, O GOVERNO ADRIANO É O RETRATO DO CAOS. Lamentavelmente, falta ao chefe do Poder Executivo capacidade de gestão e, sobretudo, habilidade política, pois além de enfrentar problemas de ordem administrativa, Dr. Adriano não tem pulso e é fraco nas decisões. Inclusive, todos nós sabemos que no atual governo tem secretário que manda mais que o prefeito. Valha-me Deus!!!

Adriano não soube valorizar seu grupo político, perdeu aliados de primeira hora, que vestiram sua camisa durante a campanha eleitoral e certamente seriam preciosos na engrenagem governamental. Por tudo isso, hoje a cidade está paralisada e o governo não tem projeto algum. Pelas ruas, a sensação é de frustração e de desesperança. Infelizmente, daqui a alguns anos, a administração de Dr. Adriano será marcada apenas como um período sombrio da nossa história. Uma pena, já que a mesma tinha tudo para ser um divisor de águas, o pontapé inicial para um futuro de paz e prosperidade. Pobre cidade rica.

Em tempo: restam 535 dias para darmos adeus a um governo que não deixará saudades.

Davi Matos
Jovem, blogueiro, ativista político e pré-candidato a vereador de Cabo Frio

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.