Marquinho Mendes pode conseguir na Justiça a anulação da Eleição Suplementar para retornar à Prefeitura

Será que Cabo Frio vai repetir a situação de Búzios, de tremenda instabilidade política? Pois é, pelo que foi divulgado nesta terça-feira (28) no Blog História, Música e Sociedade – popularmente conhecido como “Blog do Prof. Chicão” -, há sim a possibilidade.

O ex-prefeito cassado Marquinho Mendes (MDB) articula nos bastidores um possível retorno ao cargo de prefeito de Cabo Frio.

Segundo o Prof. Chicão, “MM foi cassado sem ter sido condenado no TRE. Seguindo este entendimento, MM não teria sido condenado na Aime – Ação de Impugnação de Mandato Eleitoral, mas apenas cassado pela Aije – Ação de Investigação Judicial eleitoral. Ou seja, Marquinho não foi condenado na Aime e nem na Aije mas foi cassado pela segunda. A tese apresentada mostra que inelegibilidade seria consequência à condenação, mas esta não ocorreu. O TSE não poderia cassar mandatos sem uma condenação, pois isto feriria dois parágrafos do artigo 16 da Constituição Federal.”

Caso o STF aceite este recurso e o julgue procedente, o registro de Marquinho Mendes seria devolvido e, consequentemente, sua cassação se tornaria sem efeitos.

O P I N I Ã O
Por: Davi Matos

Não apoiei e sigo não apoiando o atual prefeito Dr. Adriano, tampouco aprovo sua administração. Todavia, temos que concordar que o mesmo foi eleito democraticamente nas urnas, inclusive derrotando o ex-prefeito cassado pela Justiça. Desta forma, Marquinho Mendes foi reprovado pela Justiça e pelo povo, que é soberano. Não posso apoiar uma manobra jurídica cuja única finalidade é criar instabilidade política no município de Cabo Frio, ainda que isso custe a manutenção de Adriano Moreno no poder.

Esta história acontece atualmente em Búzios, onde todo dia Dr. André e Henrique Gomes conseguem liminares e se alternam no poder – lembrando que os dois hoje são adversários, e a troca de governo prejudica o funcionamento da máquina, pois a cada liminar, além do prefeito, saem secretários e cargos comissionados. Uma tremenda bagunça.

LITERALMENTE EU NÃO QUERO ISSO PARA CABO FRIO!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.