Lei sancionada no município do Rio estabelece que todos os assentos do transporte público sejam preferenciais

Idosos, gestantes e portadores de necessidades especiais agora poderão requerer qualquer assento no transporte público

No município do Rio de Janeiro uma lei sancionada beneficia e muito idosos, gestantes e portadores de necessidades especiais. A lei estabelece que essas pessoas, que têm direito a assento preferencial no transporte público, agora poderão requerer qualquer assento – na prática, todos os assentos tornam-se preferenciais.

Eu sempre acreditei que o que deve valer é o bom senso. Se uma pessoa jovem e saudável está sentada enquanto um idoso, uma gestante ou um portador de necessidade especial viaja em pé, essa pessoa jovem e saudável deve ceder o lugar. Mas, infelizmente, somente com o rigor da lei algumas injustiças são corrigidas. Parabéns ao município do Rio, e que este exemplo valha para todos os municípios do país, inclusive Cabo Frio, onde o desrespeito às pessoas que têm preferências nas filas e/ou no transporte público é notório e evidente.

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.