Com contas bloqueadas, secretário de Fazenda admite que atrasos nos pagamentos dos servidores podem ocorrer

Além disso, Antonio Carlos Vieira (Cati) afirma que 13° não será pago este ano, e sim de forma parcelada no ano que vem.

As recentes declarações do secretário de Fazenda de Cabo Frio, Antonio Carlos Vieira, o Cati, comprovam que nunca devemos cuspir para cima para não cair na testa. O prefeito Adriano Moreno (REDE), durante sua campanha eleitoral, afirmava categoricamente que o município tinha dinheiro de sobra, e que os problemas eram reflexo da má gestão do seu antecessor, o ex-prefeito cassado Marquinho Mendes (MDB) – o filme se repete: Marquinho também culpou Alair pelos problemas econômicos da cidade.

Na grande verdade, o município ainda não conseguiu se recuperar plenamente da grave crise financeira de 2015 e 2016 que quase levou Cabo Frio à falência por ter pedido quase R$ 500.000.000,00 (quinhentos milhões de reais) em arrecadação, apesar das atuais entradas apontarem uma recuperação gradativa. Um problema que afeta Adriano e também afetou os governos de Marquinho e de Alair (principalmente), são os bloqueios judiciais nas contas do município – para pagamento de precatórios ou mesmo de servidores, como no caso do governo Alair, quando as contas ficaram bloqueadas por bastante tempo no último ano do mandato, e praticamente a cidade foi governada pelo juiz, já que era ele que decidia para onde ia o dinheiro.

Os bloqueios já ameaçam a regularidade no pagamento dos servidores, já que dessa vez sua finalidade é pagar precatórios. As recentes declarações do secretário Cati à Folha dos Lagos (que você pode ler clicando AQUI) são de assustar. O secretário afirma que já há previsão de atraso para esse mês e, além disso, não garante o pagamento do 13° salário para esse ano – Cati fala em parcelar em 2 vezes o débito, sendo uma parcela no dia 25 de janeiro e outra no dia 25 de fevereiro de 2019, o que seria terrível para os servidores e para o comércio da cidade, que conta com esse dinheiro circulando para movimentar as vendas de final de ano.

Aguardemos, temerosos, o que está por vir…
Que Deus proteja Cabo Frio !!!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.