Hospital do Jardim Esperança está abandonado !

Insumos e medicamentos básicos, como soro, escalpos, gase e atrovent estão em falta na unidade.

A troca de governo não fez mudar a tão sofrida realidade da população de Cabo Frio. Na noite desta quarta-feira (22), minha mãe, Giedre Valeika, que já vêm sofrendo com diversos problemas de saúde, teve pela segunda vez um edema agudo pulmonar. Como reside no Jardim Esperança, foi correndo ao Hospital Otime Cardoso dos Santos. Do atendimento, nada a questionar. O grande problema é a falta de estrutura – a unidade está em estado de calamidade, faltam insumos básicos como gase, soro e escalpos.

Minha mãe necessitou de birotec e atrovent – medicamentos imprescindíveis em uma unidade de saúde, e, pasmem, o atrovent estava em falta. Como sua situação era grave e o tratamento necessitava dele, minha irmã foi à farmácia mais próxima e comprou, com recursos próprios, o medicamento. Minha mãe utilizou o atrovent e o que sobrou foi deixado no hospital para ajudar outras pessoas – atitude louvável, mas repugnante se pararmos para analisar o descaso do Poder Público, mesmo com uma arrecadação anual de mais de R$ 800.000.000,00 (OITOCENTOS MILHÕES DE REAIS).

Vale lembrar que na sexta-feira passada a emergência do Hospital do Jardim Esperança chegou a ser fechada pelo mesmo motivo (a falta de medicamentos e insumos).

Fica o alerta ao prefeito Adriano Moreno, ao secretário de Saúde, Dr. Macabu e aos vereadores – principalmente aos nobres edis, afinal, a função dos senhores é fiscalizar o prefeito e a prestação dos serviços públicos. Alguma providência urgente deve ser tomada.

Leia o desabafo completo da minha mãe, Giedre Valeika:

“Atenção !!

Um pedido de socorro urgente.

Hoje mais uma vez tive um edema agudo pulmonar e ao precisar usar o Hospital Otime Cardoso Dos Santos sequer havia remédios como atrovent e birotec, que são de extrema importância no tratamento respiratório.
Semana passada faltava soro e escalpos tbm … Chamo a atenção para as autoridades competentes, pois para que eu pudesse ser medicada minha filha teve que providenciar às pressas, e com recursos próprios, o remédio em uma farmácia local. Caso contrário os danos seriam maiores com relação a minha saúde já tão debilitada.

Certamente não será possível mudar a cidade em tão pouco tempo, todavia, situações emergenciais como essa já eram para terem sido solucionadas. Completo descaso do governo municipal.

ALÔ PREFEITURA, SECRETARIA DE SAÚDE E VEREADORES !!! O HOSPITAL DO JARDIM ESPERANÇA ESTÁ ABANDONADO !!!

A “mudança” não chegou por aqui ..”

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.