NOVAS ELEIÇÕES: Após decisão do STF, cenário para possível eleição suplementar começa a se desenhar

Os ministros do Supremo Tribunal Federal discutiram hoje as duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade, a 5525 e a 5619, que tratam da realização de nova eleição com a cassação do mandatário ou da posse do segundo colocado. Por 10 votos a 1, o STF decidiu que nesses casos deve ser realizada uma nova eleição.

Desta maneira, os eleitores de Cabo Frio, Armação dos Búzios e Rio das Ostras poderão voltar às urnas ainda este ano – uma vez que os prefeitos destas cidades enfrentam graves problemas com a Justiça e estão com seus mandatos por um fio.

Em Cabo Frio, especificamente, essa decisão já era aguardada. Por conta disso, já começou a ser especulado na cidade um cenário para uma possível eleição suplementar para o Poder Executivo.

Apesar de ser prematuro afirmar que de fato passaremos por um processo eleitoral extemporâneo – pois ainda falta ser julgado no TSE o processo específico do prefeito -, começam a ser citados nos bastidores e nas rodas de conversa e nos cafés da cidade alguns nomes de potenciais candidatos – mesmo nenhum deles tendo confirmado nada a respeito.

Veja:

 RAFAEL PEÇANHA

O vereador cabofriense tem sido destaque na cidade pela sempre coerente postura em relação aos interesses da população, principalmente em relação aos servidores municipais. Rafael está no seu primeiro mandato na Câmara, mas já demonstra a capacidade e astúcia necessárias para assumir o comando da cidade.


DR. ADRIANO

O médico ortopedista e ex-vereador foi o 2° colocado nas últimas eleições municipais (23.287 votos) e portanto poderia ser diretamente o prefeito da cidade caso a decisão de hoje do STF fosse outra. Contudo, em uma nova eleição, Dr. Adriano sairá com larga vantagem.


MARQUINHO MENDES (?) OU INDICADO

Seria cômico se não fosse trágico, mas há sim – ainda que remota – a possibilidade de Marquinho Mendes sair candidato em uma hipotética eleição suplementar. Isso é assunto para mais adiante, porque mesmo que ele não possa se candidatar, certamente não deixará de indicar algum nome para tentar a sua sucessão.

ALAIR CORRÊA

Sim, ele pode estar voltando. A grande fênix da política cabofriense não costuma desistir tão facilmente. Apesar de ter enfrentado um governo conturbado devido aos graves problemas financeiros da cidade, Alair Corrêa tem recuperado a confiança do cidadão cabofriense e deve sim ser um grandioso problema para os seus adversários nas urnas.

 CLAUDIO LEITÃO

Apesar de ter boas ideias, Claudio Leitão é um nome que dificilmente emplaca em uma eleição. Fica a pergunta: será que ele tentará mais uma vez ser prefeito de Cabo Frio, caso haja a cassação de Marquinho Mendes?

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.