“Com a recuperação financeira da Petrobras, os recursos dos Royalties repassados a Cabo Frio subiram extraordinariamente”, dispara Alair Corrêa

O ex-prefeito de Cabo Frio voltou às redes sociais para falar da situação financeira da cidade

Não é segredo para ninguém que, felizmente, Cabo Frio passa por um processo de recuperação financeira. A crise do petróleo, que assolou a cidade a partir de 2015, é um pesadelo cada vez mais distante, e a cidade caminha a passos largos ao retorno das grandes receitas de outrora.

Todavia, a arrecadação em alta não resultou em melhorias na cidade, tampouco o governo municipal quitou os seus débitos com fornecedores, prestadores de serviços e servidores contratados e efetivados. Além disso, não reabriu os hospitais, escolas e postos de saúde fechados, nem mesmo as Casas do Aluno Especial voltaram a funcionar, o que recrimina o descaso e a incompetência do prefeito Marquinho Mendes.

Esse assunto foi mais uma vez abordado pelo ex-prefeito Alair Corrêa, que desde a sua saída do Poder Executivo tem se dedicado a fiscalizar a atual gestão e fazer comparativos com o seu próprio governo, acabando de uma vez por todas com as falácias envolvendo o seu nome.

Ainda há pouco, às 19h, Alair Corrêa foi para as redes sociais alertar que a Prefeitura de Cabo Frio, em 25 dias, recebeu cerca de R$ 31 milhões em Royalties do Petróleo – e que, segundo ele, somente hoje (20/02), recebeu uma parcela no valor de R$ 10,9 milhões.

O ex-prefeito fez questão de destacar ainda que, no mesmo período do último ano da sua administração (2016), o valor recebido com repasses dos Royalties foi de cerca de R$ 4 milhões. Reforçando que a Prefeitura de Cabo Frio não está em crise e que em todo o ano passado recebeu R$ 100 milhões a mais que a sua administração – mais uma vez comparando com 2016 – , Alair Corrêa encerrou o seu artigo de hoje questionando o silêncio do mesmo grupo que tanto criticou a sua administração em relação ao atual governante, que tem arrecadado infinitamente mais e executado muito menos do que Alair.

Leia o artigo do ex-prefeito na íntegra: 

“CABO FRIO, EM 25 DIAS, RECEBEU DA PETROBRAS R$ 31.500.000.00 ( TRINTA E UM MILHÕES E QUINHENTOS MIL REAIS ) ! VOLTAMOS À REGULARIDADE COM OS ROYALTIES !

Para os que me criticaram quando governei, mesmo sabendo que não dava para fazer milagre ao enfrentar uma crise no Brasil, abaixo estão os atuais valores repassados para Cabo Frio em relação aos Royalties do Petróleo.

A Justiça conseguiu que retornassem aos cofres da Petrobras os bilhões de reais desviados, e por isso fazemos o seguinte alerta: COM A RECUPERAÇÃO FINANCEIRA DA PETROBRAS, OS RECURSOS DOS ROYALTIES REPASSADOS A CABO FRIO SUBIRAM EXTRAORDINARIAMENTE. Alertamos porque o prefeito esconde da população os verdadeiros valores repassados ao município, o que sustenta a tese de que a Prefeitura ainda passa por uma crise, e desta maneira justificar sua péssima administração.

No ano passado, reiteramos, R$ 100 milhões a mais foram arrecadados pelo atual governo em comparação a 2016. Assim sendo, não quitar os débitos com servidores e fornecedores, não reabrir o Hospital da Criança e as 6 escolas fechadas, não tapar os buracos das nossas ruas, NÃO PASSA DE UMA COVARDIA DO PREFEITO ! No mesmo período em 2016 entraram nos cofres R$ 4.000.000,00 (QUATRO MILHÕES DE REAIS), enquanto o atual governo recebeu agora R$ 31.500.000.00 ( TRINTA E UM MILHÕES E QUINHENTOS MIL REAIS), recebidos da seguinte forma:

• No dia 22/01 》 R$ 10,8 milhões 
• No dia 28/01 》 R$ 1,8 milhão 
• No dia 08/02 》 R$ 7,8 milhões
• Hoje, dia 20/02 》 recebeu mais uma parcela de R$ 10,9 milhões. 
• TOTALIZANDO R$ 31.500.000.00 ( TRINTA E UM MILHÕES E QUINHENTOS MIL REAIS ), repetimos, contra apenas R$ 4 milhões recebidos pelo meu governo no mesmo período.

Finalizo com uma simples pergunta:

POR QUE TODOS ESTÃO CALADOS AGORA QUANDO HÁ DOIS ANOS FORAM IMPLACÁVEIS CONTRA MINHA ADMINISTRAÇÃO, MESMO SABENDO QUE ENFRENTAMOS A MAIOR CRISE DA NOSSA HISTÓRIA E O ESCÂNDALO DA PETROBRAS ?

Alair Corrêa”

Juntamente com o artigo, o ex-prefeito postou os dados dos repasses ao município, no período de fevereiro de 2017 à fevereiro de 2018.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.